.

sábado, 15 de julho de 2017

Manuscritos do Mar Morto prova a Veracidade da Bíblia

“Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente” (Is 40.8).


Os Manuscritos do Mar Morto são uma coleção de centenas de textos e fragmentos de texto encontrados nas cavernas de Qumran, no Mar Morto, no fim da década de 1940 e durante a década de 1950.

Sempre houve pessoas que questionaram a confiabilidade das Escrituras. Uma vez que o texto foi copiado e re-copiado ao longo dos séculos, os críticos alegam que é impossível saber o que os escritores bíblicos escreveram ou queriam dizer originalmente. 



Os Manuscritos do Mar Morto derrubam tal suposição no que se refere ao Antigo Testamento. Foram achadas entre 223 e 233 cópias das Escrituras Hebraicas, as quais foram comparadas com o texto atual.


A descoberta dos Manuscritos do Mar Morto confirma aquilo que as pessoas que crêem na Bíblia sempre souberam, ou seja, que a Bíblia, tal qual a temos na atualidade, é um texto que passa nos testes de fidedignidade. Apesar dos ataques contra a Bíblia, a Palavra de Deus permanece para sempre.

Uma Exatidão Maravilhosa
O grande rolo de Isaías, encontrado quase intacto em Qumran.

O Manuscrito do Livro [i.e., rolo] de Isaías encontrado na caverna 1 da região de Qumran oferece um sensacional exemplo da transmissão exata do texto na tradução. Acredita-se que esse extraordinário manuscrito date de cem anos antes do nascimento de Jesus Cristo. Foi um manuscrito semelhante a esse que Jesus utilizou na sinagoga da aldeia de Nazaré, quando leu a seguinte passagem das Escrituras: 

“O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres”
 (Lucas 4.18; Isaías 61.1). 

Ele continuou a leitura até determinado ponto. Em seguida, devolveu o livro [i.e., rolo] ao assistente da sinagoga e se sentou. Enquanto todos tinham os olhos fitos em Jesus, Ele declarou que aquela porção das Escrituras acabara de se cumprir diante dos ouvintes. Dessa forma, Jesus afirmou claramente ser Ele mesmo o Messias de Deus, vindo ao mundo para conceder a salvação a todo aquele que O receber.

A mesma passagem bíblica traduzida diretamente a partir do Manuscrito do Livro de Isaíasdescoberto em Qumran (o qual é cerca de mil anos mais antigo do que o manuscrito hebraico [i.e., o Texto Massorético] no qual se basearam as outras traduções), é praticamente idêntica: “O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque YHVH [N. do T., o tetragrama sagrado em hebraico que se refere ao nome supremo de Deus: Yahveh ou Javé] me ungiu para pregar as boas novas aos quebrantados”. A integridade da reivindicação de Cristo, conforme está escrita em nossas Bíblias, se confirma.

É fascinante que os manuscritos achados com mais freqüência em Qumran, sejam completos, sejam na forma de pequenos fragmentos, referem-se aos mesmos livros da Bíblia geralmente citados no Novo Testamento: Deuteronômio, Isaías e Salmos. Tal fato desperta um interesse ainda maior à luz das próprias palavras de Jesus concernentes às Escrituras Hebraicas:

“A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos” (Lucas 24.44).

Muitos outros exemplos poderiam ser citados. O fato principal acerca da Bíblia e desses rolos de manuscritos resume-se naquilo que um grande expositor das Escrituras, o inglês G. Campbell Morgan (1863-1945), certa feita compartilhou: “Não existe vida nas Escrituras em si mesmas, porém, se seguirmos a direção para onde as Escrituras nos levam, elas nos conduzirão até Ele e assim encontraremos a vida, não nas Escrituras, mas nEle através delas”.
Infindáveis argumentações e debates têm surgido acerca desses manuscritos. Contudo, os crentes em Cristo podem estar certos de que tais manuscritos bíblicos antigos ratificam, apoiam e dão credibilidade à Bíblia que temos nos dias de hoje. A Palavra de Deus continua a ser a única fonte legítima da fé e da doutrina para todo aquele que busca recompensa eterna.

“São mais desejáveis do que ouro, mais do que muito ouro depurado; e são mais doces do que o mel e o destilar dos favos. Além disso, por eles se admoesta o teu servo; em os guardar, há grande recompensa” (Salmo 19.10-11).

Sendo assim, pobre Muhammad! Ele tinha esperança de encontrar os tesouros deste mundo, mas achou apenas pergaminhos despedaçados que só prestavam para fazer correias de sandálias! Lamentavelmente o lucro deste mundo é uma prioridade que absorve a pessoa completamente. O mundo considera as Escrituras Sagradas como algo sem valor; ou com alguma utilidade, de vez em quando, para serem citadas como “palavras da boca pra fora”, mas nunca para serem aceitas pela fé e praticadas. Todavia, nós, os salvos em Cristo, temos um conhecimento mais apurado. Temos conhecimento suficiente para não desprezar o tesouro verdadeiro e incalculável que só pode ser descoberto quando se faz uma escavação no solo da Palavra de Deus:
“E, se clamares por inteligência, e por entendimento alçares a voz, se buscares a sabedoria como a prata e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do Senhor e acharás o conhecimento de Deus” (Provérbios 2:3).
 


VEJA TAMBÉM..

A Falácia Católica das divisões Evangélicas e suas muitas divisões
Em um Arrebatamento Deus me mostrou o início do julgamento da sua Igreja
Minhas visões com Anjos e meu contato com eles
Deus odeia idolatria e sacrifícios, somente a Fé o agrada
A Soberania de Deus quanto as bençãos
Caindo da Graça, voltando para a lei
A Heresia do Arminianismo
Manuscritos do Mar Morto prova a Veracidade da Bíblia
Quebrada a farsa de que a ICAR definiu o Cânon do Novo Testamento
- Acabada a farsa Romana de que eles escreveram a Bíblia
- Tábuas de EBLA - Evidências históricas e arqueológicas da exatidão da Bíblia
Os livros apócrifos da religião de Roma
- Roma, a Grande Meretriz, a Cidade dos Sete Montes
Papa Alexandre VI e os crimes da Igreja Católica
- A História do Papado e sua origem
Derrubando a farsa dos primeiros Papas com a Patrística
- Provado pelos originais em Aramaico que Pedro não é a pedra
- Acabando com a farsa religiosa, 205 Provas contra o Primado de Pedro
- Taxas oficiais cobradas pela Igreja Católica segundo sua liderança
Samuel Doctorian e as profecias dos cinco Anjos
- Pio XII, o mentor e apoiador de Adolf Hitler, chama o Espírito Santo de incompetente
- Porque Maria esta chorando hoje? Veja...
- Maria vai começar a "aparecer", Projeto Blue Bean vai enganar a muitos
- O mundo foi abalado por uma Igreja, qual?
A verdade sobre o Templo de Israel, o Templo dos últimos dias
Desmascarando a "profeta" dos Adventistas
- Texto Egípcio afirma que Jesus mudava de aparência
Milhares de Mulçumanos chineses se convertem a jesus cristo
Chegou momento de Deus revelar o Messias, afirma Rabino Chefe
- A vinda do Messias é iminente, alerta influente Rabino
- Rabino Yitzhak Kaduri  declara que teve um encontro com o Messias e revela seu nome
Inscrição em pedra de 2000 anos fala da ressurreição de Cristo
- Achado arqueológico confirma existência do Rei Davi
- O Islã é uma religião de Deus? O Alcorão é um Livro Pacífico?
- Foi Maomé possuído por demônios?
- Mohammad descende de Ismael?
- A tolice do Ateísmo
- Ateus eternos revoltados, lógica irracional


Nenhum comentário:

Postar um comentário