.

sábado, 25 de outubro de 2014

O mundo foi abalado por uma Igreja, qual?


O MUNDO FOI ABALADO POR UMA IGREJA VEJAM AS SUAS MARCAS
 

Atos 2.42-47 “E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” 


1. A pós ler este texto faço aqui uma pergunta:: “Qual é a igreja mais importante do mundo?” É a igreja que Deus está edificando dentro de você. 


2. Quais são as marcas dessa igreja que ainda hoje pode abalar o mundo? Para responder essa pergunta, precisamos olhar não para as igrejas contemporâneas, mas para a igreja mãe, para a igreja de Jerusalém.


3. Aquela igreja possuía algumas marcas:

1) Ela se reunia no templo e de casa em casa;
2) Ela tinha profundo compromisso com a doutrina e também uma celebração festiva;
3) Ela era profundamente engajada em ação social e também na oração
4) Ela não apenas evangelizava, mas também fazia discípulos;
5) Ela tinha grande comunhão dentro dos muros e também a simpatia dos de fora. 

6) Era extremamente fiel ao Evangelho de Cristo, sem tirar ou acrescentar nada
7) Era uma  Igreja Evangélica, firmada no Evangelho
8) Era uma Igreja Cristocêntrica, onde só criam nas Palavras de Cristo e em seu Senhorio.


4. Hoje vemos igrejas que revelam grandes desequilíbrios: As igrejas que zelam pela doutrina, não celebram com entusiasmo. As igrejas ativas na ação social desprezam a oração. Aquelas que mais crescem em número “MERCADEJAM” a verdade. 


5. Vamos olhar para a igreja de Jerusalém como nosso exemplo e modelo:


I. UMA IGREJA QUE TEM ZELO PELA PALAVRA


1. Firmeza doutrinária – v. 42


• A igreja de Jerusalém nasceu sob o bastão da verdade. A igreja começa com o derramamento do Espírito, a pregação cristocêntrica e a permanência dos novos crentes na doutrina dos apóstolos.


• Ao longo da história houve muitos desvios da verdade:


a) As heresias da Idade Média;
b) A ortodoxia sem piedade;
c) O Pietismo – piedade sem ortodoxia;
d) Quakers – O importante é a luz interior;
e) O movimento liberal – a razão acima da revelação;
f) O movimento neo-pentecostal – a experiência acima da revelação.


“DEUS TEM COMPROMISSO COM A SUA PALAVRA. ELE TEM ZELO PELA SUA PALAVRA. UMA IGREJA FIEL NÃO PODE MERCADEJAR A PALAVRA.”

2. Perseverança na oração – v. 42

• A igreja de Jerusalém não apenas possuía uma boa teologia da oração, mas efetivamente orava. Ela dependia mais de Deus do que dos seus próprios recursos.


a) Atos 1:14 – Todos unânimes perseveravam em oração;
b) Atos 3:1 – Os líderes da igreja vão orar às 3 horas da tarde;
c) Atos 4:31 
– A igreja sob perseguição ora, o lugar treme e o Espírito desce;
d) Atos 6:4 – A liderança entende que a sua maior prioridade é oração e a Palavra;
e) Atos 9:11 – O primeiro sinal que Deus deu a Ananias sobre a conversão de Paulo é que ele estava orando;
f) Atos 12:5 – Pedro está preso, mas há oração incessante da igreja em seu favor e ele é liberto miraculosamente;
g) Atos 13:1-3 – A igreja de Antioquia ora e Deus abre as portas das missões mundiais;
h) Atos 16:25 – Paulo e Silas oram na prisão e Deus abre as portas da Europa para o evangelho;
i) Atos 20:36 – Paulo ora com os presbíteros da igreja de Éfeso na praia;
j) Atos 28:8-9 – Paulo ora pelos enfermos de ilha de Malta e os cura. 
 
“A IGREJA HOJE FALA DE ORAÇÃO, MAS NÃO ORA.”

3. Havia temor de Deus na igreja – v. 43

• Hoje as pessoas estão acostumadas com o sagrado. Há uma banalização do sagrado. Há uma saturação, comercialização e paganização das coisas de Deus – Os filhos de Eli.

• Quem conhece a santidade de Deus não brinca com as coisas de Deus – Dn 5.
• Atos 5 – O pecado da mentira foi punido com a morte. 
• Existem crentes que fazem piada com as coisas de Deus. NÃO HÁ TEMOR. 
 
4. Havia presença da intervenção extraordinária de Deus – v. 43


• A manifestação extraordinária de Deus estava presente na vida da igreja:


 a) Atos 3 – O paralítico é curado;
 b) Atos 4:31 – O lugar onde a igreja ora, treme;
 c) Atos 5:12,15 – Muitos sinais e prodígios são feitos;
 d) Atos 8:6 – Filipe realiza sinais em Samaria;
 e) Atos 9 – A conversão de Saulo é seguida da sua cura;
 f) Atos 12 – A libertação de Pedro pelo anjo do Senhor;
 g) Atos 16 – O terremoto em Filipos;
 h) Atos 19:11 – Deus pelas mãos de Paulo fazia milagres;
 i) Atos 28:8-9 – Deus cura os enfermos de Malta pela oração de Paulo. 


“HOJE HÁ DOIS EXTREMOS NA IGREJA: AQUELES QUE NEGAM OS MILAGRES E AQUELES QUE INVENTAM OS MILAGRES.”

II. UMA IGREJA QUE TEM ENTUSIASMO NO CULTO

1. A igreja tinha prazer de estar na Casa de Deus – v. 46


• O culto era uma delícia. Eles amavam a Casa de Deus (Salmo 84 e 27:4).

• Uma igreja viva tem alegria em estar na Casa de Deus para adorar.
• A comunhão no templo é uma das marcas da igreja ao longo dos séculos.

2. O louvor da igreja era constante – v. 47


• Uma igreja alegre, canta. Os muçulmanos são mais de um bilhão. Eles não cantam.

• Uma igreja viva tem uma louvor fervoroso, contagiante, restaurador, sincero, verdadeiro
• O louvor que agrada a Deus tem sua origem em Deus, tem seu propósito de exaltar a Deus e como resultado produz quebrantamento nos corações.

3. A alegria da igreja era ultra circunstancial – v. 46


• A igreja transbordava de alegria:


 a) Atos 5:40-42 – Os apóstolos são açoitados pelo sinédrio e retiraram-se regozijando-se por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas pelo nome de Jesus;
 b) Atos 6:15 – Estêvão na hora da morte vê a Jesus e seu rosto transfigura-se como rosto de anjo;
 c) Atos 13:52 – Os discípulos em Antioquia da Pisídia, mesmo perseguidos, transbordavam de alegria e do Espírito Santo. “Uma igreja que mistura o sofrimento com adoração.”

III. UMA IGREJA QUE VALORIZA A COMUNHÃO


1. Os crentes tinham prazer de estar juntos – v. 42,44,46
• Onde desce o óleo do Espírito, aí há união entre os irmãos;

 aí ordena o Senhor a sua bênção e a vida para sempre (Sl 133).
• Cessam as brigas, as contendas; brota o perdão e a cura
• Todos estavam juntos. Partiam pão de casa em casa.
• Eles se reuniam no templo e também nos lares.

2. Os crentes eram sensíveis para ajudar os necessitados – v. 44-45

• Os crentes converteram o coração e o bolso.

• Desapego dos bens e apego às pessoas.
• Encarnaram a graça da contribuição.
• Quem não ama a seu irmão, não pode amar a Deus.

IV. UMA IGREJA QUE PRODUZ IMPACTO NA SOCIEDADE


1. Pelo seu estilo de vida contava com a simpatia de todo o povo – v. 47


• A igreja era comprometida com a verdade, mas não legalista; 

• A igreja era santa, mas não farisaica; 
• A igreja era piedosa, mas não com santorronice;
• Os crentes eram alegres, festivos, íntegros. Eles contagiavam. 
• O estilo de vida da igreja impactava a sociedade: melhores maridos, melhores esposas, melhores filhos, melhores pais, melhores estudantes, melhores profissionais.

2. Pela ação soberana de Deus, experimentava um crescimento numérico diário – v. 47


• Temos hoje dois extremos: numerolatria e numerofobia

• Qualidade gera quantidade.

 a) A igreja crescia em números.

 b) A igreja crescia diariamente.
 c) A igreja crescia por adição de vidas salvas.
 d) A igreja crescia por ação divina.


“VEJAMOS O CRESCIMENTO DA IGREJA” 

 1) Atos 1:15 – 120 membros
 2) Atos 2:41 – 3.000 membros 
 3) Atos 4:4 – 5.000 membros
 4) Atos 5:14 – Uma multidão é agregada à igreja
 5) Atos 6:17 – O número dos discípulos é multiplicado
 6) Atos 9:31 – A igreja se expande para a Judéia, Galiléia e Samaria 
 7) Atos 16:5 – Igrejas são estabelecidas e fortalecidas no mundo inteiro.

CONCLUSÃO


1. A pergunta que não quer calar; a pergunta errada é: “O que eu devo fazer para a minha igreja crescer? A pergunta certa: O que está impedindo a minha igreja de crescer.”
2. Nossa igreja tem feito diferença em nosso bairro em nossa cidade? No nosso Estado e no País?
3. Que Deus nos ajude a ser uma igreja que produza impacto no meio em que vivemos!